Projeto “Mão na massa” realiza ações personalizadas para padarias em Uberlândia
iel
notícias

Projeto “Mão na massa” realiza ações personalizadas para padarias em Uberlândia

Indústrias associadas já estão sendo atendidas no segundo semestre de 2021

O projeto “Mão na massa”, parceria entre Sindicato das Indústrias de Panificação de Uberlândia (SINDPAN) e FIEMG Competitiva, tem como objetivo central, aumentar a competitividade dos negócios do setor da panificação em Uberlândia. Os treinamentos serão realizados in company, com 4 horas de treinamento teórico e 4 horas de treinamento prático a partir dos dois temas a seguir:

O primeiro é sobre o pão francês e suas tendências para aumentar as vendas, a fermentação natural na panificação e os mitos e importância no processo, e o segundo é sobre os produtos sem lactose, como substituir o leite nas receitas da padaria, as tendências e normas da utilização de açúcar, a utilização de gordura na panificação e os mitos e verdades sobre a fabricação do pão sem glúten, além de estratégicas de como estimular as vendas da padaria, promovendo degustações.

O presidente do Sindpan, Milton Inhaquitti, reforçou a necessidade deste tipo de conteúdo para assistir as padarias e criar condições para que estas se atualizem diante das mudanças trazidas pelo mercado. “O público hoje tem procurado cada vez mais produtos específicos, como os seu glúten e sem lactose, produtos mais leves e sem excesso de gordura ou açúcar, por isso é tão importante este tipo de treinamento que vamos oferecer junto ao FIEMG Competitiva.”

Para Pedro Casasanta, analista do IEL e representante pelas tratativas do FIEMG Competitiva na FIEMG Regional Vale do Paranaíba, o treinamento vai de encontro com uma necessidade atual das indústrias de panificação: “O Mercado da panificação sofre uma profunda alteração com a mudança do perfil do consumidor, a procura por produtos com redução de açúcar e sem glúten ganham força impulsionados por uma clientela mais atenda e preocupada com a saúde. Neste sentido as panificadoras, percebem a necessidade de cada vez mais proporcionar uma experiência única ao cliente, diversificando seu portfólio

para que o cliente não precise buscar outro ponto de venda. Assim, a produtividade e diversificação são os caminhos para manter a lucratividade e o crescimento dos negócios. Estas tendências alinhadas com a proposta do projeto.”

A empresária do setor, Camila Lemes, da panificadora Martins em Uberlândia, frisou que este tipo de apoio oferecido pelo sindicato patronal é essencial no desenvolvimento das padarias locais. “O sindicato sempre nos ajudou em diversas esferas como orientações para convenções, contratação de fornecedores, eventos específicos para o setor e este tipo de treinamento. Há muito tempo o Sindpan cumpre este papel que é de suma importância para o desenvolvimento do nosso negócio.”

Para participar dos treinamentos para panificadoras, entre em contato com a coordenação do Sindpan, (34) 3237-1437

Conheça as demais ações do Sindpan e demais sindicatos da FIEMG Regional Vale do Paranaíba em https://www7.fiemg.com.br/regionais/vale-do-paranaiba 

Por Ariane Baldini