Soluções para o setor automobilístico do país
fiemg
notícias

Soluções para o setor automobilístico do país

Programa Rota 2030 foi tema de debate em reunião na FIEMG

O programa Rota 2030, que é uma ação do Governo Federal, cujo objetivo é estimular o desenvolvimento da indústria automotiva nacional, por meio da redução de impostos e outros benefícios para projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) do setor, foi o tema da reunião da Câmara da Indústria Automotiva e Mobilidade da FIEMG. O encontro foi realizado no dia 22/09, de forma on-line, e contou com a participação de representantes do setor.  

O Programa Prioritário em Mobilidade Rota 2030, da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII), foi apresentado por Fernando Ferreira Fernandez, representante da instituição. Segundo Fernandez, o programa tem o objetivo de contribuir para o fortalecimento da atividade de inovação na cadeia produtiva de mobilidade e logística, a partir do apoio do modelo EMBRAPII de fomento a atividades de PD&I. Já foram apoiados 40 projetos e investidos R$42,9 milhões. “Este é um modelo de impacto nacional e atende um conjunto variados de empresas, tendo como vantagem a agilidade, a flexibilidade e baixa burocracia”, afirmou.  

 “No Brasil, as montadoras ainda estão produzindo carros a diesel, na contramão dos demais países”, disse Valentino Rizzioli, presidente do colegiado, se disponibilizando para trabalhar, em conjunto com a EMBRAPII, em busca de soluções para o setor. “Precisamos pensar no futuro da qualidade do ar das grandes cidades, como Rio, São Paulo e Belo Horizonte”, ressaltou. 
 
O Rota 2030 também foi o tema apresentado por Roberto de Medeiros Júnior, gerente de Inovação do SENAI Nacional, que explicou o Programa Prioritário A³, que tem como tripé as seguintes ações: Desenvolvimento de Competências; Hands-On: Aprendendo Fazendo e o Piloto para a Produtividade.  

A ação Desenvolvimento de Competências é composta de uma Master in Business Innovation (MBI), que tem a duração de 15 meses e 420h divididas nos módulos Indústria Avançada, Estratégia e Otimização, Digitalização e Inovação. Também oferece oficinas on-line e gratuitas de desenvolvimento profissional e industrial para qualquer colaborador da cadeia automotiva. 

 Hands-On: Aprendendo Fazendo oferece consultorias de até 600 horas, focando em 20% de aumento de produtividade em Lean e 10% em Digitalização. Já o Piloto para a Produtividade é uma plataforma de Inovação para a Indústria, voltada para a Rota 2030, que busca o empreendedorismo industrial, por meio de desafios que buscam solucionar demandas da indústria. “A elaboração deste projeto contou, desde o início, com a colaboração e dedicação da FIEMG, por meio do seu Centro de Inovação e Tecnologia (CIT SENAI)”, pontuou Júnior.