Otimismo dos industriais permanece, mas em menor intensidade
fiemg
notícias

Otimismo dos industriais permanece, mas em menor intensidade

É o que aponta a pesquisa Sondagem Industrial divulgada pela FIEMG

A Sondagem Industrial, pesquisa divulgada nesta quinta-feira, 23/9, pela FIEMG registrou aumento da produção e do número de empregados em agosto, porém em menor magnitude, na comparação com julho.

A utilização da capacidade instalada ficou abaixo da usual para o mês pela nona vez consecutiva, mostrando que as empresas operaram com capacidade produtiva inferior à habitual para agosto. Os níveis de estoques das indústrias, mais uma vez, encerraram o mês abaixo do planejado, em razão da dificuldade na compra de diversas matérias-primas.

As expectativas dos industriais seguiram positivas pela 15ª vez seguida, contudo, eles demonstraram menor otimismo quanto à demanda, à compra de matérias-primas e ao número de empregados para os próximos seis meses. As intenções de investimento recuaram, mas, apesar da queda, foram as maiores para setembro desde o início da série histórica do indicador, em 2014.

Os resultados da pesquisa estão em linha com a recuperação gradativa da atividade industrial, que vem sendo favorecida pela abertura das atividades, dado o avanço da imunização contra a Covid-19. Porém, vale ressaltar que as tensões institucionais, a aceleração inflacionária, a crise hídrica e a escassez de alguns insumos são desafios que podem limitar essa retomada nos próximos meses.

Clique aqui e confira a íntegra da pesquisa.